Psoríase

Nesta consulta são avaliadas e orientadas as formas graves ou extensas de psoríase.

A Psoríase pode exprimir-se sob várias formas (gutata, em placas, inversa, palmo-plantar, ungueal, couro cabeludo, artropática).
São diversos os tratamentos tópicos e sistémicos para a psoríase e que a Epidermis pode disponibilizar. Para além da medicação tópica convencional, a fototerapia - PUVA (sistémica ou tópico) e UVBnb, a ciclosporina, o metotrexato, os retinóides e, mais recentemente, para os casos resistentes ou com contra-indicação para as terapêuticas anteriores, os chamados agentes biológicos, que incluem, entre outros, o etanercept (Enbrel), o adalimubab (Humira), o ustekinumab (Stelara) e o infliximab (Remicade).

Se o seu quadro de psoríase é extenso ou recorrente poderá, ao marcar, solicitar consulta de Psoríase.

Coordenação Geral da Consulta



© Epidermis - Centro de Dermatologia